Sociedade Militar - Reajuste dos militares, leis, salário, soldos, aumento, 2012 e armamento

 

Recomende a Revista Sociedade militar

 


Recomende por E-mail para seus amigos. Clique Aqui e ajude no crescimento da Sociedade Militar.

  no Twitter


Coloque nosso Feed de Notícias no seu site. Link: http://feeds.feedburner.com/RevistaSociedadeMilitar


ENVIE SEU COMENTÁRIO OU SUGESTÃO


Últimos Artigos de COLABORADORES



Share
Share

 

Lula investigado por IMPROBIDADE. Desperdício de 10 Milhões e prejuízo a milhares de idosos e aposentados.  O mito aos poucos vai sendo desconstruído.

 

  Por mais que se tente desvincular a imagem do ex-presidente lula do mensalão toda a sociedade brasileira já percebeu que é praticamente impossível que ele desconhecesse todas as práticas ilícitas apontadas no processo. Para piorar mais ainda sua situação agora Lula é alvo direto de um processo por improbidade administrativa. Motivo: o Ministério Público Federal o acusa de um prejuízo de R$ 10 milhões aos cofres públicos - por buscar autopromoção - fazer publicidade pessoal e favorecer o Banco BMG, ao enviar a aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social uma cartinha por ele assinada com informações sobre o programa de crédito consignado do governo federal – que se transformou em um inferno de dívidas para os idosos e seus familiares.

   Uma ação de improbidade sobre o envio das cartas aos idosos tem conteúdo semelhante a um inquérito sigiloso em tramitação no Supremo Tribunal Federal. O caso foi aberto a partir da denúncia principal do mensalão. O inquérito apura “fatos relacionados às irregularidades no convênio firmado entre o Banco BMG e o INSS/Dataprev para a operacionalização de crédito consignado a beneficiários e pensionistas”. Por mera coincidência, dirigentes do BMG aparecem como réus no processo do mensalão.

   Se o caso for denunciado pelo procurador-geral da República – que até agora se omite sobre um assunto de tamanha gravidade política e econômica -, e Lula acabar condenado terá de se aposentar politicamente. A pena fatal para ele é a perda dos direitos políticos por até dez anos – prevista na Lei de Improbidade Administrativa. Para um político, tal penalidade é muito pior que vários anos de prisão (que geralmente ajudam a transformar o condenado em coitadinho, contribuindo para a construção do mito político). 

  Sorte que Lula – ao contrário do velhinhos que ajudou a se endividarem - já é um aposentado de primeira linha. O chefão do PT não precisa pedir empréstimo consignado para sobreviver. Lula vive como rei graças à tríplice-aposentadoria. Recebe aposentadoria por invalidez do INSS, ganha outra aposentadoriado governo como anistiado político (por 11 dias que o amigo Romeu Tuma manteve o sindicalista com codinome “Boi” na cadeia, durante as famosas greves do ABC), além de mais uma aposentadoria a que tem direito como ex-Presidente da República.

   O tríplice-aposentado Lula sabe que a coisa está preta. E não é só por causa do Joaquim Barbosa – que ele nomeou para o STF apenas para fazer média com a “comunidade negra”. O jogo político empretejou para Lula, simplesmente, porque é fatal para quem não dita mais as regras do poder. O Cabo da faxina de um quartel tem mais poder que um ex-Presidente da República.

   Lula ainda posa de herói entre os ignorantes beneficiados por seus clientelistas esquemas de bolsas de compensação de renda. Ou entre aqueles que foram levados a acreditar no milagre do operário que chegou ao topo da fábrica Brasil. Para o segmento esclarecido de brasileiros, Lula é mais nada. Sobrevive da autoidolatria. Se perdê-la, já era. E os novos ataques que sofrerá vão se intensificar.

   O vácuo de poder está se abrindo. Se Lula for obrigado, por qualquer motivo, a sair de cena, a autofagia do PT vai se tornar evidente. A disputa interna pelo poder no partido – para gerir a aparelhagem pública de que a petralhada se apossou – tende a provocar grandes baixas. Quem assumirá a hegemonia numa fase Pós-Lula?
Com dados de
http://alertatotal.net  Artigo de: http://sociedademilitar.com

 

Share

Armamento e Estratégia

PORTE DE ARMA – Dilma veta para...

Share PORTE DE ARMA – Dilma veta para Agentes penitenciários.     Agentes penitenciários de todo o país pretendem uma paralisação para demonstrar a...

Leia mais...

Logistica. Equipamento...

Share Logistica. Armamento, Equipamento indispensável. Pontes etc.   Forças armadas não precisam somente de armas, equipamentos como esse são indispensáveis e certamente poupam...

Leia mais...

HOSPITALIZADO o criador do AK-47. A...

Share    Série Fuzis de combate na História - AK-47 "A Lenda".      Comparado com modernas armas o AK não é mais tão ofensivo quanto o nome...

Leia mais...

POLICIAIS poderão adquirir armas de...

Share   POLICIAIS poderão adquirir armas de calibre restrito. 357 e .45.   Em breve policiais militares, civis, rodoviários federais e federais serão autorizados a adquirir armas de fogo de...

Leia mais...

Rifle para Sniper. Um componente cada...

Share Rifle para Sniper. Um componente cada vez mais indispensável em campos de batalha.    O atirador e seu poderoso rifle tem sido componentes comuns no campo de batalha desde que o rifle fez a sua...

Leia mais...

Armas pequenas que funcionam

Share   Armas pequenas que funcionam. Não se engane, a pistolinha acima não é somente um chaveirinho, é uma arma de verdade. Trata-se da menor arma ... Share

Leia mais...

Série Fuzis de combate na História...

Share    Série Fuzis de combate na História - AK-47 "A Lenda".      Projetado por um comandante de tanque jovem russo chamado Mikhail Kalashnikov, o AK-47, rifle de...

Leia mais...

Série Fuzis de combate na História...

Share   Série Fuzis de combate na História - M16. Embora tenha levado um pouco de tempo para resolver os problemas da congestionamentos durante seus primeiros ensaios de combate no início dos...

Leia mais...

Série Fuzis de combate na História...

Share   Série Fuzis de combate na História - 1903 SPRINGFIELD. O 1903 ganhou rapidamente uma reputação como uma arma de fogo extraordinariamente precisa e poderosa -...

Leia mais...

eXTReMe Tracker