Sociedade Militar - Reajuste dos militares, leis, salário, soldos, aumento, 2012 e armamento

 

Recomende a Revista Sociedade militar

 


Recomende por E-mail para seus amigos. Clique Aqui e ajude no crescimento da Sociedade Militar.

  no Twitter


Coloque nosso Feed de Notícias no seu site. Link: http://feeds.feedburner.com/RevistaSociedadeMilitar


ENVIE SEU COMENTÁRIO OU SUGESTÃO


Últimos Artigos de COLABORADORES



Share
Share

 

 

 

 

MILITARES ARGENTINOS CONDENADOS A PRISÃO PERPÉTUA

 

     O Tribunal Oral Federal da cidade de Bahia Blanca, no Sul da Argentina, condenou, nesta quarta-feira (12/9), 14 militares da reserva e ex-policiais à prisão perpétua por crimes contra a humanidade, cometidos durante a ditadura militar argentina (1976-1983). Os condenados pertenciam ao Exército ou às forças de segurança e deverão cumprir a pena em regime comum no Serviço Penitenciário Federal da Argentina.

   Os réus foram condenados pelos crimes de privação ilegal de liberdade, tortura e homicídio em um campo de detenção clandestino, instalado em Bahia Blanca. Os condenados foram acusadas de levar 90 pessoas ao campo de detenção denominado La Escuelita (A Escolinha, em português).

 

   A ação judicial em questão envolve o desaparecimentos de duas mulheres, grávidas, que foram sequestradas e levadas até o campo clandestino. A estimativa é que cerca de 30 mil pessoas desapareceram ou foram mortas durante a ditadura na Argentina. 

 

   No início do ano outros militares já haviam sido condenados por crimes ocorridos durante o regime militar. O ex-general argentino Eduardo Cabanillas foi condenado à prisão perpétua por dirigir um centro de detenção e tortura durante a ditadura militar no país, entre 1976 e 1983.

   Três ex-integrantes do serviço secreto da Argentina também foram condenados por assassinato, tortura e prisões ilegais. Honorio Martinez e Eduardo Ruffo foram condenados a 25 anos de prisão cada um e o ex-oficial de inteligência militar Raul Guglielminetti, a 20 anos.

Com informações da Agência Brasil e El guia Latino. Fonte: http://sociedademilitar.com 

 

Share
eXTReMe Tracker